Aluguel recebido antecipadamente

Pesquisa 🧐
< Todos os tópicos
Imprimir

Aluguel recebido antecipadamente

Com a criação da Lei nº. 11.638/2007, que trouxe impactos profundos na Contabilidade Brasileira, com a adoção das normas internacionais de contabilidade – IFRS, as receitas que eram apropriadas em exercícios seguintes, devem ser classificadas em contas de receita diferida, conforme CPC – 30 Receitas.  

 

Receitas e despesas diferidas podem ser consideradas como receitas e despesas postergadas, e são aquelas faturadas ou apropriadas antecipadamente em relação ao período de sua realização. 

 

Anteriormente a esta lei, estes valores eram lançados em conta de Resultados de Exercícios Futuros, sendo as receitas de exercícios futuros, diminuídas dos custos e despesas a elas correspondentes. Hoje este grupo foi extinto com a MP449/2009 e Lei 11.941/2009, e os saldos remanescentes destas contas em 05/12/2008 deveriam ser reclassificados para as contas distintas do Passivo Não Circulante, conforme Resolução CFC 1.159/2008, sendo a conta de custos diferidos classificada como redutora do passivo. 

 

A critério da empresa poderá manter o nomenclatura de receita ou despesa diferida, visto que a resolução CFC 1.157/2008 e a Lei 6.404/1976, não traz a obrigação de manter o nome desta conta como Diferida, desde que ela figure no grupo do Passivo Não circulante, após a Conta de Exigível a Longo Prazo. 

 

Pelo registro dos aluguéis recebidos antecipadamente: 

D- Caixa/Bancos – Disponibilidades (Ativo Circulante) 

C- Receitas diferidas de aluguel (Passivo Não Circulante) 

 

Pelo registro da despesa correspondente à receita recebida antecipadamente:  

D- Despesas diferidas de aluguel – Conta Redutora (Passivo Não Circulante) 

C- Caixa/Bancos – Disponibilidades (Ativo Circulante) 

 

Mensalmente, a receita e a despesa são apropriadas proporcionalmente a medida de seu recebimento: 

 

Pela apropriação da parcela da receita: 

D- Receita Diferida de Aluguel (Passivo Não Circulante) 

C- Receita de aluguel – (Conta de Resultado) 

Obs.: esta receita poderá ser considerada ou não operacional, dependendo da atividade da empresa. 

 

Pela apropriação da parcela da despesa:  

D- Despesas com recebimento de aluguel (Conta de Resultado) 

C- Despesas diferidas de aluguel – Conta Redutora (Passivo Não Circulante) 

 

Nota: Não atendemos dúvidas acadêmicas ou pessoal via telefone ou WhatsApp da empresa, para quaisquer dúvidas, ou queira saber sobre algum assunto contábil especifico que ainda não publicamos, Fale Conosco atráves do formulário de contato.

Anterior Alienação Fiduciária
Próximo Amortização do diferido (antes e depois da Lei 11.638/2007
Índice
Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.